Roubo de armas em Fórum: vigilantes não têm culpa

0
311

Desde que se tornou notícia, o arrombamento e roubo de armas no Fórum do município da Serra tem trazidos várias análises. Uma, inclusive, questiona a segurança patrimonial do imóvel. Esse tipo de questionamento gera dúvidas na população e passa a impressão de que o trabalho dos profissionais de segurança e vigilância não é bem desenvolvido.

A coisa não é bem assim. Um imóvel do tamanho do fórum da Serra requer a ação de mais de dois vigilantes. Apenas dois agem por vez ali. Além disso, o serviço do vigilante deve contar com demais suportes, como o videomonitoramento, um eficiente sistema de alarmes e salvaguardas para garantir a vida dos trabalhadores. Além do mais, o próprio fato de as armas estarem em uma parte do edifício que fazia divisa com outro terreno e sem uma parede blindada já facilita esse tipo de ação.

Esse crime trata-se ainda de um crime planejado, executado por pessoas que sabiam o que estavam fazendo e que, ao planejarem o mesmo, devem ter levado em consideração o que seria feito de forma a impedir que os profissionais de vigilância pudessem notar e evitar a ação.

O Sindseg/ES empenha sua solidariedade aos trabalhadores vigilantes e esforça-se para que nossas condições de trabalho permitam que possamos sempre desempenhar a contento o nosso papel, o que não aconteceu nesse caso. Defendemos como condições de trabalho satisfatórias a contratação do número correto de vigilantes em consonância com o tamanho da área a ser vigiada, bem como o fornecimento de todo o aparato físico e tecnológico que vise a inibir a ação de bandidos e malfeitores.