SINDICATO COBRA ABERTURA DE POSTOS DE TRABALHO PARA VIGILANTES

0
602

O programa Cidade Alerta, da TV Vitória, apresentou uma matéria que chamou a atenção do Sindseg/GV. A matéria tratava da insegurança nos correios, principalmente nos postos de distribuição, dando conta de que tal insegurança gera prejuízos a comerciantes e também que obriga funcionários a trabalharem com medo nos locais de trabalho.

Ora, o comércio eletrônico (via internet) e a rede de entregas de mercadorias espalhada pelo Brasil afora mostram um potencial grande e em franco crescimento. Esses locais necessitam de vigilância armada 24 horas por dia, tanto como forma de garantir a segurança de trabalhadores, quanto de preservar a integridade de mercadorias e bens que por ali passam diariamente.

Infelizmente isso não acontece. E, algumas vezes, o que se verifica, é a contratação clandestina de seguranças. A EBCT (Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos) é uma empresa pública de alta credibilidade em todo o país e que deve primar por serviços de qualidade e cumprimento de prazos junto a seus clientes. Não é negando-se a abrir postos de trabalho necessários para os trabalhadores em segurança e vigilância que ela vai alcançar tal meta.

O Sindseg/GV/ES vai enviar correspondência oficial à EBCT alertando para a necessidade de contratação de mão de obra profissionalizada e qualificada para a garantia de segurança de trabalhadores e das mercadorias que circulam diariamente pelas várias unidades da empresa que trabalham com comércio eletrônico e entrega de encomendas.